A TIM tem PRD?

Não sei se a TIM tem um plano eficiente para Recuperação de Desastres, mas ela não fez feio hoje, quando seu portal (www.tim.com.br) ficou indisponível, tentei acessar o site 11:21AM, 11:31AM, só aparecia a tela abaixo, mas quando eram 11:41am o portal estava no ar novamente.

O que aconteceu ? Mágica ? Um restart ? Boa pergunta, certamente a TIM não irá divulgar nada, pois sua insdisponbilidade não causou problemas, isto é baseado nos jornais e nóticias, não consegui achar nada que apontavam para uma crise na TIM.

A diferença da TIM e da Telefonica é que talvez o portal da TIM não seja o seu pior cenário de crise, então seu impacto não foi percebido como o da telefonica que gerou grandes perdas passando assim despercebido.

Por isso reforço: Se vis pacem para bellum faça um planejamento adequado, atualize seus planos, tenha um excelente plano de comunicação, assim estará minimizando os impactos em seu negócio durante a ocorrência de eventos de crise.

Até a próxima!

Anúncios

Virtual Data Center com XEN – Palestra Gratuita

Para quem tem agenda no dia 09 de agosto e está interesado em virtualização a IMPACTA irá promover a Palestra:

“Virtual Data Center com XEN Um jeito fácil e rápido para suportar multiplos Sistemas Operacionais com o XEN Hypervisor”

Palestrante: Thiago Camargo Martins Cordeiro

AGENDA

HORÁRIO 10h00 às 13h00

Público alvo:

  • Administradores de:
    • Data Center;
    • Redes de Comunicação de Dados;
    • Microsoft Windows;
    • Linuxes, BSDs e Solaris.
  • Usuários de Mainframes da IBM
  • * Programadores


Conteúdo

  • Xen Virtualization
  • O que é o XEN?
  • Como funciona?
  • O que podemos fazer com ele?
  • ParaVirtualization
  • Hardware Virtualization (HVM)
  • Xen Architecture
  • Xen Network
  • Storage
  • XEN no Ubuntu
    • Instalação e configuração da dom0 (Máquina real / bare metal)
    • Instalação e configuração das domUs (Máquinas virtuais)
  • Gerenciando o XEN
  • Configurações das domUs
  • Gerenciamento das domUs (XEN Management)

Inscrições e Informações:

http://www.impacta.com.br/_eventos/index.aspx

O que é um PRD? DRP? DR? Para que Serve?

Algumas definições:

  • PRD: Plano de Recuperação de Desastres
  • DRP: Disaster Recovery Plan
  • DR: Disaster Recovery

Quando se fala em continuidade de negócio e especificamente no ambiente de TIC (Tecnologia da Informação e Telecomunicação), chegamos aos Planos de RECUPERAÇÃO DE DESASTRES. Muitas pessoas dizem: tenho um ambiente em cluster e vários servidores em load balance então tenho um DRP. Erroneamente as pessoas confundem os recursos de H.A.(alta disponibilidade) com soluções que atendam um Plano de Recuperação de Desastres.

O que é um PRD?

PRD é um plano que orienta de forma concisa como recuperar um ambiente de tecnologia após um incidente, seja esta recuperação em um site alternativo (DR Site ou Site DR) ou no mesmo site.

No dia a dia encontro diversas situações onde as empresas tem equipamentos spares (reservas) no mesmo site, isto de nada adianta para uma recuperação de desastres, basta imaginar uma enchente, um incêndio ou até mesmo um avião caindo em seu site principal, de que irão servir os equipamentos spares ou os servidores em H.A. se os mesmos estavam no mesmo site e foram impactados pelos mesmos eventos? Portanto, ambientes em alta disponibilidade e os equipamentos spares no mesmo site não contemplam uma estratégia de D.R., devemos refletir outras soluções como controle desta situação.

Obviamente você deve imaginar, é exagero pensar desta forma; mas não é, pois encontramos estes incidentes hoje; as Equipes de TI tem dificuldades para justificar os custos com a implementação de um PRD quando as empresas deveriam seguir a mesma linha adotada pelos amigos da caserna: “Si vis pacem para bellum” “Se queres a paz, prepara a guerra”, em poucas palavras, quer suportar os incidentes em uma crise de TI no seu ambiente atual? Então se prepare.

Para que Serve? Para orientar e tratar os eventos de crise o PRD junto com procedimentos operacionais, devem orientar as ações a serem executadas durante e após os incidentes; por exemplo: quais ações devem ser executadas, quem são as pessoas envolvidas na recuperação dos ativos envolvidos na crise e como retornar com as operações ao site principal ?

Dificuldades sempre serão encontradas para a implementação de um PRD, mas empresas principalmente do seguimento financeiro vem adquirindo soluções para um site alternativo e desenvolvendo planos de recuperação de desastres, seja para estar in compliance com alguma norma ou com a visão correta para o negócio: para ter um ambiente de contingência durante uma crise.

Por que investir tanto se o equipamento vai ficar parado? Não é a primeira e nem será a última vez que escuto isso, é simples: você executivo de empresa ou não, sabe quanto custa o sistema de vendas que suporta todo seu negócio parado durante 4 horas (meio expediente), quanto custa a hora do seu funcionário sem poder executar as suas atividades no seu sistema ERP? Pare, faça um cálculo e verifique o investimento de TI versus Perdas. O PRD é apenas uma das fases de um Sistema de Gestão de Continuidade de Negócios que sua empresa e/ou instituição independente do tamanho do negócio necessita para minimizar os impactos dos eventos que possam ocasionar uma parada em seu negócio. Pense nisso, quem sabe os mais preparados durante os eventos de crise não possam fazer mais negócios por já estarem preparados para a “guerra”.

Até a próxima!

VMWARE Grátis ?

De acordo com o novo CEO, Paul Maritz, vamos ter uma nova versão do ESX da VMware chamado de ESXi, gratuitamente.

O mesmo também será integrado ao boot de diversos hardware de servidores, ou seja, você compra um novo servidor DELL, IBM, HP e já tem o ESXi, você da boot pelo mesmo e configura, pronto, sua máquina passa para a produção ?

A promessa é boa, a solução parece ser simples e fácil, vamos aguardar até dia 29 de julho quando poderemos fazer downloads e testar a ferramenta, só espero que melhore um pouco a compatibilidade com hardware X86 para competir com o XEN neste aspecto.

Maiores detalhes veja abaixo.

Continuar lendo